criei esse blog porque sei que diversas pessoas sofrem com esse problema diariamente.
foi uma forma de desabafar mas também de ajudar outras pessoas que vivem com esses problemas .
ajudar porque seu o quanto é triste ser ignorado e excluído da sociedade e sei também que isso pode ser muito bem superado.

se você convive com esse problema ou conhece alguém que tenha fobia social envie seu relato para: diariodeumasociofobica@yahoo.com.br

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Querido Diario 28-08-14

Mais um dia :/
Hoje como todos os dias as pessoas pisaram em cima de mim...ou seja me humilharam,principalmente meninos de outras series ABAIXO da minha.
Enfim eles sempre fazem isso comigo,eles sabem que eu não tenho coragem de revidar,e me escolhem para falar mau,eram mais ou menos uns 7 meninos,eles começaram a me chamar de feia e destacar todos os meus defeitos,sim eles me humilharam,e eu? o que fiz,a boba idiota não fez nada...mais uma vez.
Isso acontece todos os dias é um inferno,eu sempre chego em casa chorando,um dia eu até tentei me matar,mas essa tentativa foi falha por falta de coragem da minha parte.
Eu só sei que doí,doí demais ter que passar por isso todos os dias,enquanto outras meninas da minha sala,sabem muito bem se defender,poxa será que eles não percebem que isso doí? ou será que eles sabem e continuam me humilhando com essa mesma finalidade? me machucar...
O que é uma brincadeira pra eles é uma facada enorme no meu coração,quantas vezes eu me senti inútil por causa dessas pessoas em geral meninos que tratam de fazer isso comigo todos os dias...e pq eu? pq eu,tenho que passar por isso? será que essa tortura um dia vai passar?
Eu só queria que sim,eu queria que um dia ninguém mais me humilhasse,que as pessoas me respeitassem e não me menosprezarem tanto,eu sou conhecida como a menina idiota que não sabe se defender. Hoje mesmo depois da aula um tal menino "líder" do grupo que vive encovando comigo estava com mais dois amigos e começou a zombar de mim enquanto eu passava e as pessoas em volta olhavam e riam,mas pq eu não falo pra ninguém? porque eu não conto pros meus pais? porque eu faria isso, aqueles meninos só iriam me achar mais fraca,"nossa ela contou pra mamãezinha dela" e a historia toda iria se repetir mais uma vez...
Acho que é isso,os meus dias estão sendo baseados nisso,gostaria de saber historias de vocês e se já passaram por isso,como reagem,enfim...
Já falei o que tinha que falar.
Ate a próxima postagem
E tchau :)

sexta-feira, 20 de junho de 2014

Diário,02/04/2014 (atrasado)

Querido Diário;
Esses dias que se seguem continuam a mesma coisa,as vezes eu dou um passo pra frente,porem ao mesmo tempo acabo indo pra traz...
A aluna nova já se enturmou com todo mundo,acho tão incrível essa capacidade de certas pessoas,porque é tão difícil pra mim que já estou três anos no colégio?
A professora de espanhol passou um trabalho onde temos que canta uma música em espanhol e sinceramente estou super insegura primeiro porque minha pronuncia é péssima e segunda é que eu não sei cantar e se ainda minha voz fica horrível gravada,ter que passar por isso na frente de todas as pessoas idiotas e infantis da minha sala me assusta.
Como minha combe chega tarde tenho que ficar esperando na escola trinta minutos e nesse tempo deu pra criar uma "amizade" com a menina que vai de transporte comigo e que é duas séries antes de mim,só que não gosto muito quando as pessoas começam a criar muita intimidade comigo e começam a invadir meu espaço nos falamos normalmente antes mas agora ela faz questão de implicar comigo,eu não sei porque ainda dou liberdade talvez esse seja um dos motivos de eu não ter amigos...odeio essa infatilidade das pessoas aquelas idiotas que fazem questão de incomodar,isso é chato detesto pessoas inconvenientes.
Também estou fazendo aula de inglês,está sendo muito divertido,eu gosto muito da minha professora,é tão mais fácil pra mim conversar e fazer amizade com um adulto do que com adolescentes da minha idade,mesmo eles chamarem de "fofo" o que na verdade é timidez,não acredito que você ter dificuldade de dizer para um desconhecido "que horas são" seja uma coisa fofa...mas enfim as pessoas interpretam de tantos jeitos,alguns dizem que ser extrovertido é ser esperto, e uma pessoas mais fechada é com certeza muita mais subestimada,não acho que isso seja uma coisa verdadeira,porque temos muito o que falar mais nos falta aquele elemento principal a coragem...

______________________________________________________________________________
Notas finais.
Esse foi o diário de hoje,estou tentando me organizar e passar tudo para o computador.
Tchau e até a próxima postagem.

quinta-feira, 1 de maio de 2014

Diario,07/03/2014

Querido Diário

Oii bom novamente peço desculpas pela falta de atualização no meu blog, não sei como aguentei ficar tanto tempo sem escrever, esses dias apenas chequei minha caixa de entradas e me deparei com vários e-mails vocês não sabem como isso é importante, estou tentando responder todos, as vezes não sei nem o que falar não lido bem com elogios tenho medo de estragar tudo, então qualquer erro me perdoem.
Mais voltando ao dia de hoje...bom nada de novidades, continuo a mesma, estou cada vez mais me sentindo usada pelas pessoas da minha ingenuidade pro seu próprio favor e eu bobinha sempre caio.
Porque é tão difícil pra mim me defender? me sinto presa totalmente submissa, todos podem fazer o quiserem comigo me enganar, fazer de trouxa as pessoas são tão falsas ao mesmo tempo que estão do meu lado, já não estão mais.
Ah Educação Física como eu odeio isso, não é a toa que sempre sou a ultima a ser escolhida, as pessoas ficam me cobrando tanto, me empurrando e eu definitivamente não sei jogar o que me torna mais inútil.
Esses dias teve um seminário na aula de Espanhol onde tínhamos que apresentar e eu claro naquele nervosismo não sabia se me apresentava de uma vez e já me livrar. ou ficava por ultimo depois de treinar mais.
Bom fiquei com a segunda opção ficando entre as ultimas e tive que me apresentar umas três vezes porque sempre quando eu terminava ela perguntava se alguém intendeu e TODOS diziam que não e ela dizia pra eu falar mais alto o que com certeza eu não consegui.

________________________________________________________________
Notas finais

Obrigada por ler essa postagem até o final, vou postar com mais frequência eu juro.
Mande seu depoimento diariodeumasociofobica@yahoo.com.br

sexta-feira, 4 de abril de 2014

Diário,18/02/14

Meu primeiro dia de aula.

Bom hoje foi o primeiro dia de aula, eu fiquei muito nervosa e com uma ansiedade fora do normal.
Duas alunos da minha sala (meninos) sairão um era bagunceiro e rodou eu até fiquei feliz pois ele implicava muito comigo.
Em compensação entrou uma menina e um menino,ele é tímido não mais que eu,pois as vezes ele fala uma coisa ou outra do meio da aula.
Já a menina não fiz amizade com ela,por mais que eu quisesse,ela não parece ser alguém tímida ou quieta muito pelo contrário,bom mais pelo o que eu vi ela é legal.
Estou tentando me misturar o máximo possível as vezes eu puxo assunto com a menina que vem comigo na topic somos nós duas de meninas e outros dois meninos que por acaso também são daqueles chatos que ficam jogando bolinhas de papel em mim,entre outros :/
Não falei nada na sala de aula, eu realmente espero que esse ano seja diferente e eu me solte mais,entraram quatro professoras novas e esse é ano de formatura (9º ano) então eu realmente quero me esforçar para apenas ser eu mesma.

___________________________________________________________________________
Me faça uma pergunta: Aqui

quarta-feira, 2 de abril de 2014

Oii

Oi gente,muitas pessoas me pedem no e-mail para contar mais sobre mim,eu já fiz duas postagens falando sobre mim,como descobri que tinha F.S e tudo mais, caso vocês queiram fazer mais perguntas além das que eu já falei aqui anteriormente mandem por esse link Formulário Aqui prometo responder todos assim que puder!
A respeito dos e-mails e comentários,ainda estou procurando um tempinho para responder todo mundo.
Obrigada por tudo.
Até a próxima.

sexta-feira, 7 de março de 2014

Diário,23/12/2013 (atrasado)

Querido Diário

Hoje foi um dia horrível... como minha mãe está de folga decidimos sair um pouco e fomos ao shopping eu estava bem contente,parecia até que tinha esquecido que tinha fobia social bem...isso até chegarmos lá,tinha MUITA gente e começou a me dar uma falta de ar uma vontade muito grande chorar e complexo de inferioridade,tentei de todas as formar manter um pensamente positivo para não decepcionar meus pais,pois era o único dia de folga deles e como o shopping é muito longe meu pai gastou muito com a viagem,mas não teve jeito eu comecei a teimar pra minha mãe pra ir em pra casa e nós fomos e ela começou a dizer que eu tinha que me tratar e ser menos egoísta,isso me doeu muito me senti a pessoa mais desprezível,inútil e horrível do mundo,sinceramente pensei até em me matar mas não tenho essa coragem,por mais que isso não ia fazer diferença para muitas pessoas...

Fico pensando até quando...até quando vou ficar presa em mim mesma no meu próprio casulo,no meu próprio mundo com medo de tudo,uma pessoa insegura,medrosa ingenua.

Será que um dia tudo isso vai mudar e eu finalmente posso mostrar quem eu sou?

Perguntas...

...Sem respostas.

NOTAS FINAIS

Até o próximo post,obrigada mesmo por toda preocupação e os comentários,logo irei esclarecer como estão as coisas hoje,esse é um diário bem antigo só pra dar um sinal de vida, eu estou tentando me organizar,sim eu escrevo em uma folha de papel antes de postar aqui,e como sou meio bagunçada...
Em breve vou postar todos os diários guardados e o meu primeiro dia de aula.
Tchau!


quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Diário,19/12/13.

Querido Diário
Estou lendo o livro sobre timidez e confesso que é ótimo e esclareceu muitas duvidas e o melhor e que mostra meios de solucionar o problema, enfim eu recomendo.
Ao ler o livro percebi que o pior de tudo é que as pessoas acabam por não perceber o real problema que nos os sócios fóbicos apresentamos, as pessoas tem uma visão positivo disso como exemplo: ela é tão boazinha, quietinha, reservada, obediente e isso acabar por mascarar o problema, pois na realidade não queremos ser assim queremos ter amigos não somos “mudos” por opção, mas também dói ver que tem aqueles que dizem que somos ingênuos bobinhos influenciáveis e se afastam ou nos julgam.
Tirei outras conclusões também ele nos faz pensar fiquei surpresa com alguns depoimentos reais que ele traz com pessoas que convivem com as mesmas coisas que eu,as vezes eu penso que essas coisas só acontecem comigo

Como já disse não tenho saído muito, meus pais trabalham o dia inteiro e no final de semana não tenho muita animação para sair.

NOTAS FINAIS
oii gente quero agradecer de coração todos que estão me mandado e-mails seja depoimentos e também elogiando a iniciativa,me desculpem por não responder todos,pois eu sou péssima com palavras, mas quero que saibam que me sinto agradecida e fico feliz ao ver que há pessoas que gostam do meu blog e compartilham as mesmas experiencias que eu.
Muito Obrigada
Até a próxima
E a proposito me perguntaram qual é o livro é esse: http://www.livrariasaraiva.com.br/produto/2543211/timidez-como-ajudar-seu-filho-a-superar-problemas-de-convivio-social  - muito bom recomendo.(ele não trata apenas de timidez mas como alguns outros problemas de ansiedade social, fobia social etc...)